Candidato sai correndo com folhas de respostas de concorrentes em concurso da PM após não conseguir terminar prova | FURO31
Candidato sai correndo com folhas de respostas de concorrentes em concurso da PM após não conseguir terminar prova
07/08/2017 às 09:49
Por FURO31, com informações do G1

Um candidato do concurso de soldados da Polícia Militar e Bombeiros da Bahia foi levado à delegacia após uma confusão durante a prova na manhã deste domingo (6), na Faculdade de Filosofia da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no bairro da Federação, em Salvador.

De acordo com a Polícia Militar, o coordenador do local de prova informou que, após não ter conseguido terminar a redação, o candidato pegou os pertences, agarrou algumas folhas de respostas de outros candidatos e saiu correndo pelo corredor da unidade.

Policiais militares que faziam a segurança do local de prova conseguiram impedir a fuga do candidato e, uma guarnição da 41ª CIPM conduziu ele para a delegacia da Central de Flagrantes, na Avenida ACM. Outros candidatos e responsáveis da empresa que organizou o concurso também foram até a delegacia como testemunhas do fato.

Segundo a PM, as folhas de respostas levadas pelo homem foram recuperadas intactas, o que não causou prejuízo para outros candidatos. Até por volta das 16h40, o homem permanecia preso na Central de Flagrantes, segundo agentes da unidade.

Em nota, a Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb), responsável pelo concurso, informou que o concurso transcorreu normalmente nos 293 locais de prova, em Salvador e em mais 12 municípios. De acordo com a Saeb, o fato ocorrido na Faculdade de Filosofia da Ufba é isolado e não causou nenhum tipo de prejuízo ao certame.

Concurso

Com mais de 141 mil inscritos, o concurso público para ingresso na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros foi realizado na manhã deste domingo, em Salvador e mais 12 municípios da Bahia. Ao todo são 2.750 vagas, sendo 2 mil para a Polícia Militar e 750 para os bombeiros.

As provas foram aplicadas em 293 locais, dos quais 68 na capital e 225 no interior do Estado. Os portões abriram às 8h (horário de Brasília) e fecharam às 9h. Organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (www.ibfc.org.br), o certame começou pontualmente às 9h15 e encerrou às 13h.

Os candidatos tiveram que responder a 80 questões, distribuídas entre conhecimentos gerais (30) e conhecimentos específicos (50), além de uma questão discursiva.

O maior concurso da história da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, com 141.917 inscritos, foi realizado neste domingo (6), em Salvador e em mais 12 municípios do estado. A abstenção foi de 15,30%, abaixo do percentual de candidatos ausentes em concursos públicos, que normalmente varia entre 20 e 30%.

As provas foram aplicadas em 293 locais, dos quais 68 na capital e 225 no interior. Os portões abriram às 8h (horário de Brasília) e fecharam às 9h. Organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação , o certame começou pontualmente às 9h15 e encerrou às 13h, com duração de quatro horas e trinta minutos para realização das provas. Em números absolutos, 121.100 candidatos comparecerem para realizar as provas, enquanto os ausentes foram 21.816.

De acordo com o edital de abertura de inscrições, os candidatos que concorrem a uma das duas mil vagas para a Polícia Militar realizaram provas em Salvador, Juazeiro, Feira de Santana, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras e Itaberaba. Já aqueles que se inscreveram com interesse em uma das 750 vagas para o Corpo de Bombeiros Militar realizaram provas em Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Ilhéus, Porto Seguro, Vitória da Conquista, Jequié, Juazeiro, Itaberaba, Paulo Afonso, Santo Antônio de Jesus, Barreiras e Teixeira de Freitas.

Os candidatos tiveram que responder a 80 questões, distribuídas entre conhecimentos gerais (30) e conhecimentos específicos (50), além de uma questão discursiva. Para ter acesso aos locais de prova, os participantes apresentaram o comprovante de inscrição, documento de identidade original em bom estado de conservação. Deviam portar também caneta esferográfica, azul ou preta, de material transparente, lápis preto e borracha.

O superintendente de Recursos Humanos do Estado, Adriano Tambone, visitou locais de provas, na companhia do coronel Sérgio Baqueiro, diretor de ensino da PM, e do comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Francisco Telles. Eles estiveram no Colégio Estadual Raphael Serravalle, no bairro da Pituba, para acompanhar a realização do certame.

Maior concurso 

Ao todo, foram realizadas 141.878 inscrições no certame, sendo 18.066 para o Corpo de Bombeiros e 123.812 para a Polícia Militar. Este é o maior concurso já realizado pelo Estado na área de segurança, sendo o primeiro para o Corpo de Bombeiros após reformulação no comando e dissociação da Polícia Militar. Elaborado conjuntamente pela Saeb e pelos Comandos Gerais, seu edital foi publicado dia 10 de maio e terá validade de um ano, prorrogável por igual período.

Deixe seu comentário
Curta nossa Fan Page